*Bem-vindos ao menu do Floribella Pt Blog!! Aqui podes encontrar as letras de todas as músicas do novo cd da Floribella! Divirtam-se ;) Obrigada pela visita!*
Terça-feira, 17 de Julho de 2007

1- Corações ao vento (Flor)

 

Uma história, a tua história
Um sorriso, o teu sorriso
Um amor que nos envolve na mesma canção
Já chegou a primavera, tens o sonho à tua espera
Entra comigo na festa, vou-te dar o meu coração

Quando a Flor chega, a magia e ilumina o teu dia
Toda a gente ganha asas, e comigo quer voar
Com a Flor não há tristeza, tu serás uma princesa
Toda a gente vem para a festa, e ninguém vai querer faltar

Refrão:
Vem, Vem, Vem, Vem dançar com a gente
Vem, Vem, Vem, quero ver-te contente
Vem, Vem, Vem, vem sentir a batida
E festejar... a VIDA!
Quem, quem, quem for para sempre criança
É alguém, 'guém, 'guém que não esquece esta dança
Vem, Vem, Vem que a Flor está contigo
E vai-te dar o coração
E vai-te dar o coração
Eu vou-te dar o coração!

O teu sonho é o meu sonho
O meu mundo é o teu mundo
Anda daí vem comigo, canta esta canção
Não podes ficar parado
Tu és o meu convidado
Pois quando a Flor está contigo
Bate mais o coração...

No mundo da Floribella
Toda a gente se diverte
Aqui ninguém fica de fora
Desta onda de paixão
Pois a vida é uma festa
Com a porta sempre aberta

Se mantens o teu sorriso
Eu vou-te dar o meu coração...

Refrão 2X
Vem, Vem, Vem, Vem dançar com a gente
Vem, Vem, Vem, quero ver-te contente
Vem, Vem, Vem, vem sentir a batida
E festejar... a VIDA!
Quem, quem, quem for para sempre criança
É alguém, 'guém, 'guém que não esquece esta dança
Vem, Vem, Vem que a Flor está contigo
E vai-te dar o coração
E vai-te dar o coração
Eu vou-te dar o coração!

 

 

FloribellaPTblog às 21:49
| comentar | ver comentários (2)
|

2- Desde que te vi (Flor)

 

Eu sei que nós dois jurámos
Amizade até ao fim
Mas já não posso esconder
Tudo o que eu sinto por ti

Eu tentei não dar ouvidos
Ao que diz o coração
Mas já não posso esconder
E calar esta paixão

Sem rumo, fiquei perdida
Mas já não vou disfarçar
Que tu és a minha vida
Ouve agora tudo o que eu te quero contar

Refrão:
Desde que te vi
Tudo é tão diferente para mim
Eu não me queria entregar, mas não posso negar
Desde que te vi
Soube que eras feito para mim
A minha vida mudou
E onde tu estiveres, eu também estou
Desde que te vi

Revelei-te o meu segredo
E sei que tu vais guardá-lo
O nosso amor é um brinquedo
E nós vamos partilha-lo

Não esqueci a nossa promessa
À qual eu não quis faltar
Mas foi tudo tão depressa
Que eu não pude evitar

Eu não sei se faz sentido
Mas eu não posso fingir
Mesmo sendo proibido
O que eu sinto tu vais ter que ouvir

Refrão:
 Desde que te vi
Tudo é tão diferente para mim
Eu não me queria entregar, mas não posso negar
Desde que te vi
Soube que eras feito para mim
A minha vida mudou
E onde tu estiveres, eu também estou
Desde que te vi

 

 

 


FloribellaPTblog às 21:48
| comentar
|

3- Vem dançar (Flip e Flor)

 

(ôéô) Vem dançar comigo
(éô) Com teus amigos
(éô) Não te vas embora
Que a festa é agora


Refrão:
Ai, e a vida segue
Ai ai ai deixa a vida seguir
Quando a vida passa, pela tua casa
Todos os teus sonhos tu vais atingir

Ai, e a vida segue
Ai ai ai deixa a vida seguir
Quando a vida passa, pela tua casa
Todos os teus sonhos tu vais atingir


Deixa-te levar p'la magia
Neste mundo de fantasia
Tu és o herói entra em acção

Dá-me a mão e traz-me um sorriso
Tu tens tudo o que é preciso
P'ra cantar connosco esta canção

(ôéô) Vem dançar comigo
(éô) Com os teus amigos
(éô) Não te vas embora
Que a festa é agora

Refrão:
Ai, e a vida segue
Ai ai ai deixa a vida seguir
Quando a vida passa, pela tua casa
Todos os teus sonhos tu vais atingir

Ai, e a vida segue
Ai ai ai deixa a vida seguir
Quando a vida passa, pela tua casa
Todos os teus sonhos tu vais atingir

O corpo todo vai se mexer
E ninguém fica parado não há tempo a perder
E quem não sabe vai aprender
Porque a vida são dois dias feitos para viver

Refrão:
Ai, e a vida segue
Ai ai ai deixa a vida seguir
Quando a vida passa, pela tua casa
Todos os teus sonhos tu vais atingir

Ai, e a vida segue
Ai ai ai deixa a vida seguir
Quando a vida passa, pela tua casa
Todos os teus sonhos tu vais atingir

A vida segue

A vida segue

 

FloribellaPTblog às 21:46
| comentar
|

4- Há uma lenda (Flor)

 

 Há uma lenda
Foi trazida pelo vento
E eu vou-te contar, 
E
 eu sei que vais gostar
É uma lenda muito antiga
Que cabe numa cantiga
E é assim
Vou contar-te esta lenda
Até ao fim
Vou contar-te esta lenda
Até ao fim
 
Há uma lenda
Que num reino tão distante
Existia um lugar,
Onde tu querias morar
Era reino colorido
odias brincar e sorrir
Onde ninguém precisava de mentir
E só dentro de ti ele pode existir
 
Refrão:
 Com esta lenda
Sempre se aprenda
A viver sonhos e ilusões
Que a realidade, seja verdade
E alimente amores e paixões
 
Com a tua fada, anjo da guarda
Vais aprender esta lição
Mesmo que cresças,
Nunca te esqueças
Ouve sempre a voz do coração
 
Só nesta lenda
Cada sonho poderia sempre parecer real
Onde o bem ganhava ao mal
Cada bruxa era vencida
E ao fechar os olhos tu podias ver
Mesmo que um dia venhas a crescer
A criança dentro de ti vai viver

Refrão:
 Com esta lenda
Sempre se aprenda
A viver sonhos e ilusões
Que a realidade, seja verdade
E alimente amores e paixões
 
 Com a tua fada, anjo da guarda
Vais aprender esta lição
Mesmo que cresças,
Nunca te esqueças
Ouve sempre a voz do coração
 
Mesmo que cresças,
Nunca te esqueças
Ouve sempre a voz do coração
 
Refrão:
 Com esta lenda
Sempre se aprenda
A viver sonhos e ilusões
Que a realidade, seja verdade
E alimente amores e paixões
 
Com a tua fada, anjo da guarda
Vais aprender esta lição
Mesmo que cresças,
Nunca te esqueças
Ouve sempre a voz do coração
 

 

FloribellaPTblog às 21:44
| comentar
|

5- Coisas que odeio em ti (Flor)

 

 

 

Nunca pensei que ao encontrar-te
Eu iria gostar de ti
Era tão fácil odiar-te
Mas porque é que ao dizer não
Quero dizer sim
 
E mesmo assim sei que te odeio
Dei ordens ao meu coração
De achar-te mau, perigoso e feio
Mas mentir-me não é mesmo a solução
 
Refrão:
 Odeio tanto esse sorriso encantador
Que ilumina o meu céu
Quando a noite vê chegar
Odeio tanto essa boca tão linda
E esses lábios que suplicam
E me pedem p’rós beijar
 
Odeio tanto… Que nem te odeio
E saber que eu te quero
Só me confunde ainda mais
Porque eu acho que te quero
Mais que nada, mais que tudo
Se te quero, não te quero
E desespero!
 
Eu já não sei se estou errada
Ó Conde tu tens o condão
De me deixar desesperada
A pensar se te odeio sem ter razão

E fecho os olhos à verdade
Que eu insisto em não querer ver
És a minha cara metade
Que eu odeio e que amo sem saber
  
Refrão:
 Odeio tanto esse sorriso encantador
Que ilumina o meu céu
Quando a noite vê chegar
Odeio tanto essa boca tão linda
E esses lábios que suplicam
E me pedem p’rós beijar
 
Odeio tanto… Que nem te odeio
E saber que eu te quero
Só confunde ainda mais
Porque eu acho que te quero
Mais que nada, mais que tudo
Se te quero, não te quero
E desespero!
FloribellaPTblog às 21:43
| comentar
|

6- Ding Dong (Flor)

 

Tudo o que eu sempre sonhei
Tudo aquilo que sempre esteve tão longe
Foi só por ti que eu esperei

E agora que tu estás aqui
Quando eu por ti passo, quero um abraço
Pois em ti eu descobri

Oiço os sinos que tocam e me deslocam
P’ra um mundo só meu
Onde sei que o nosso amor se esconde
E ninguém nos separa, conde

 

  Refrão: 

Ding dong, ding dong
Tocam os sinos do amor
Quando estou contigo
Ding dong, ding dong
Pois eu sei bem que onde eu fôr
Tu estarás comigo

 
Refrão 1x
Tu és a minha canção
És som de um violino
O toque de um sino
Ao qual não sei dizer não

Cada vez que o sino tocar
Eu e tu um caminho, um só destino
Onde ninguém vai entrar

Oiço os sinos que tocam e me deslocam
P’ra um mundo só meu
Onde sei que o nosso amor se esconde
E ninguém nos separa, conde
 
Refrão 2x

 

 

FloribellaPTblog às 20:55
| comentar
|

7- Sem ti vivo no escuro (Flor)

 

Tu sempre foste um sonho
Tu foste fantasia
Sem ti o tempo custa a passar
Cada hora é um dia
Tu foste o meu silêncio
A voz que eu não ouvia
Numa canção que eu quis inventar
Tu foste a melodia.
 
Refrão:
 Eu quero um beijo um abraço
Mas ninguém
Me cura a tua ausência
Pois só o teu amor me faz tão bem
Tu és a minha essência
Tu és o meu passado
Tu és o meu futuro
Tu és a luz que o dia faz brilhar,
Sem ti vivo no escuro.
 
Diz-me quem fui, quem foi
Olha para mim e diz
Que o nosso amor agora acabou
Que não te fiz feliz
Tu foste o meu silêncio
A voz que não ouvia
Numa canção que eu quis inventar
Tu foste a melodia.
 
Refrão 2x

 

 

FloribellaPTblog às 20:53
| comentar
|

8- Eu posso, tu também (Flor)

 

 

Anda vem comigo ver a luz do Sol

Porque eu quero ver sorrir o

Teu coração

E não fiques triste,
Eu quero a alegria
Porque vida é uma só,
E hoje é o dia

 

Vem, que eu hoje quero-te dizer

Que a dor que existe vai desaparecer

Pois tu só precisas de creditar

Que com força e sem medo,

A tua vida vai mudar

 

 Refrão:

 Porque quero, porque posso

Porque vivo porque sonho

 Posso ser livre

(E tu também)

Posso dançar

(E tu também)

E ao cantar

(Tu também)

Vou-me sentir tão viva!

 

Eu vou vencer

(Tu também)

Eu vou sorrir

(Tu também)

Não vou perder

(E tu também)

Pois é tão bom viver! 

 

Nós a vencer a escuridão

A mentira e a inveja que
Não tem perdão

Ter-te aqui comigo 
Faz-me acreditar

Se tu lutas e tu sonhas,

Podes alcançar

Não desistas jamais dos

Teus sonhos

A qualquer momento tudo

Vai mudar

Pois se tiveres força muita

Esperança

Onde quer que estejas,
Tu irás ganhar

 

 Refrão:

 Porque quero, porque posso

Porque vivo porque sonho

 Porque quero, porque posso

Posso ser livre

(E tu também)

Posso dançar

(E tu também)

E ao cantar

(Tu também)

Vou-me sentir tão viva!

 

Eu vou vencer

(Tu também)

Eu vou sorrir

(Tu também)

Não vou perder

(E tu também)

Pois é tão bom viver!

 

Porque vivo porque sonho

 

Eu posso… tu também

Eu posso… eu sei que tu

Também

Eu posso… tu também

Eu posso… eu sei que tu

Também

 

 Posso ser livre

Porque quero, porque posso

Porque vivo porque sonho

 

Eu posso… tu também

Se eu posso… eu sei que tu

Também

Eu posso… tu também

Se eu posso… eu sei que tu

Também

 

Posso dançar

E ao cantar

Vou-me sentir tão viva!

 

Eu vou vencer

(Tu também)

Eu vou sorrir

(Tu também)
Não vou perder
Pois é tão bom viver!

 

 

FloribellaPTblog às 20:51
| comentar
|

9- Tu vais voltar (Flor)

 

Tantas as promessas apagam o tempo
Que já nem sei quanto tempo passou
Eu construí um castelo de sonhos
Que hoje desmoronou

Quando eu te vi naquele bosque encantado
A fada disse: tu és o meu príncipe azul
E com um toque de pura magia
O dia encheu-se de luz

Refrão:

Agora tudo acabou
Ficou um vazio entre nós
Como num conto de fadas
Um Enorme Dragão
Robou o meu coração
Só quero saber onde estás
Sem ti falta-me outra metade
Sabes que eu vou te esperar
Pois eu sei que um dia
Tu vais voltar

Na na na na
Na na na na

A nossa história
Perdi no tempo
Como uma folha
Daçando ao vento
Vou desenhar o um perdão
Em silêncio
Com as cores que tem minha dor

A nossa lenda
Conta a verdade
Mas no final quem ganhou
Foi a bruxa cruel
E o que sonhamos ficou esquecido
Como uma folha de papel

Agora tudo acabou
Ficou um vazio entre nós
Como num conto de fadas
Um Enorme Dragão
Robou o meu coração
Só quero saber onde estás
Sem ti falta-me outra metade
Sabes que eu vou te esperar
Pois eu sei que um dia
Tu vais voltar

Refrão 2x
Agora tudo acabou
Ficou um vazio entre nós
Como num conto de fadas
Um Enorme Dragão
Robou o meu coração
Só quero saber onde estás
Sem ti falta-me outra metade
Sabes que eu vou te esperar
Pois eu sei que um dia
Tu vais voltar

Agora tudo acabou
Ficou um vazio entre nós
Como num conto de fadas
Um Enorme Dragão
Robou o meu coração
Só quero saber onde estás
Sem ti falta-me outra metade
Sabes que eu vou te esperar
Pois eu sei que um dia
Tu vais voltar

Na na na na
Na na na na

Sei que um dia
Tu vais voltar

 

 

FloribellaPTblog às 20:50
| comentar
|

10- Que esconde o Conde (Miguel Dias)

 

Ás vezes eu pergunto, quem é que tu serás
Se um anjo ou demónio, que só traz coisas más
Responde-me depressa, porque eu quero saber
Porque és tão misterioso

Verdade ou mentira qual é a solução
O que é que está escondido nesse teu coração

Não sabes, não respondes ou só queres esconder

Serás que és perigoso

 

Tu chegas-te de repente sem ninguém esperar

E o mistério que te envolve está por solucionar
Mas eu irei descobrir se tu Conde andas a mentir

 

Refrão:

 Que esconde o Conde?
Quem sabe onde?
Tu és um mistério, um caso sério por desvendar

A todo o custo Máximo Augusto

Um dia vão-te desmascarar

Máximo Augusto, vais ver o susto

Que vais apanhar

 

Será que é fantasia ou será impressão

Tu tens uma energia que não tem explicação

Vá lá dá-me a resposta porque eu quero saber

O que tu tens escondido

Não sei se te detesto, ou se seja teu fã

Pois não sei quem tu és, Conde de Krigoragan

Seja verdade ou mentira é o que eu quero saber

Do que tu tens fugido

 

 Tu chegas-te de repente sem ninguém esperar

E o mistério que te envolve está por solucionar
Mas eu irei descobrir se tu Conde andas a mentir

 

Refrão 2x

 Que esconde o Conde?
Quem sabe onde?
Tu és um mistério, um caso sério por desvendar

A todo o custo Máximo Augusto

Um dia vão-te desmascarar

Máximo Augusto, vais ver o susto

Que vais apanhar

 

 

FloribellaPTblog às 20:45
| comentar | ver comentários (1)
|

Voltar ao blog...

Link Floribella Pt Blog

Músicas

1- Corações ao vento (Flo...

2- Desde que te vi (Flor)

3- Vem dançar (Flip e Flo...

4- Há uma lenda (Flor)

5- Coisas que odeio em ti...

6- Ding Dong (Flor)

7- Sem ti vivo no escuro ...

8- Eu posso, tu também (F...

9- Tu vais voltar (Flor)

10- Que esconde o Conde (...

11- Flor Amarela (Flor)

12- Caprichos (Vanessa)

Floribella

Quando Eu Te Vejo

Tic Tac

Pobres dos Ricos

Assim Será

Primeiro Encontro

Miau Miau

Vestido Azul

Olhos p'ra mim

Sem Ti

Um Novo Dia

Anda Comigo

Arquivos

Julho 2007

Maio 2007

Julho 2006

Pesquisar